Periodontia Médica

Um novo ramo da Periodontia vem emergindo para incluir o enfoque médico, que focaliza a riqueza de novos dados que estabelecem uma forte relação entre a saúde ou doença periodontal e a saúde ou doença sistêmica. Isso significa uma relação de duas mãos de direção, na qual a doença periodontal em um indivíduo pode influenciar poderosamente sobre a saúde sistêmica desse indivíduo, tal como a compreensão mais banal do papel que a doença sistêmica possa ter ao influir na saúde periodontal do indivíduo ou na doença.

Incluídas nessa definição estariam as novas estratégias de diagnóstico e tratamento, que reconhecem a relação entre doença periodontal e doença sistêmica. Estes estudos fizeram surgir o termo Periodontia Médica.

Estudos recentes sugerem que as infecções periodontais podem afetar adversamente a saúde sistêmica com manifestações, tais como: doença cardiovascular (aterosclerose, cardiopatia coronariana, angina, infarto do miocárdio e acidente vascular encefálico); diabetes; parto prematuro e baixo peso ao nascer; doença respiratória; artrite reumatóide; osteoporose e doença de Alzheimer, dentre outras.